Inicio Autores Posts por Hélio Nguane

Hélio Nguane

80 POSTS 2 COMENTÁRIOS
Acredita em seus sonhos e transforma-os em verdade. Com amigos fundou o Mbenga e escreve o seu destino. Colaborou com periódicos dos PALOP’s. É docente. Formado em Relações Públicas, Jornalismo e Publicidade e Marketing, também é fascinado pela pequisa. Foi repórter e colunista do Jornal Notícias, o maior órgão de informação de Moçambique. Produz e sonoriza o programa radiofônico Cinema em Foco, que é difundido na RDP África. Este é só o principio da revolução.

O cão que sussurra

Vavito, o meu segundo cão, lati baixo. Não ladra quando está com medo, apenas se encolhe, esconde a cauda entre as patas,...

Tovar não pára de me incomodar

SAIBAM que na semana passada acusaram-me, injustamente, de consumo e tráfico de droga. Disseram que o Tovar é produto do consumo de alucinogénios. Logo...

Gerir expectativas

SÃO 14 horas e finalmente os clientes do mercado compraram produtos suficientes para garantir a primeira refeição. Dona Berta agora respira de alívio e...

Trabalho na pastelaria, em turnos (1)

 Treze meses de namoro, ele tem duas certezas:  a procura acabou, a mulher certa já não é preocupação. Enquanto o chapa desafiava a entrada e...

Não vai uma?

Depois que entrei no jornal diário, meus domingos já não são sagrados. Quando amanhece, faço o sinal da cruz, molho meu corpo, pinto os...

O que acontece depois da morte?

Não sei. Gostaria de ter a resposta na ponta dos meus lábios, mas falta-me conhecimento espiritual, metafisico, para conseguir desvendar os segredos que os...

Matuetuee

A lua nessa noite é rebelde, reflecte, nas peles negras que foca, a sua ira. É mais uma noite. As crianças brincam, os mais...

Amarar as lágrimas

Ficcionando: Espaço dedicado a prosa. Todas as segundas-feiras.

Residência de Craveirinha: Um Lugar À Visitar

A residência onde José Craveirinha viveu por aproximadamente 27 anos (1976-2003) guarda tristezas e alegrias. Os objectos dela ainda estão dispostos da forma como...

MOÇAMBIQUE E EUA demonstram “Amor a camisola”

Na noite de sexta-feira (27/04) a rua que separa o Arquivo Histórico do Cine Teatro Gilberto Mendes vestiu-se de  enfeites, transformou-se em palco e...