“Comboio de Sal e Açúcar” exibido em Lisboa hoje

0
26

“Comboio de Sal e Açúcar”, filme moçambicano, do realizador Licínio de Azevedo, será assistido hoje, às 21:30, no Jardim da biblioteca “Palácio Galveias”, em Lisboa, Portugal.

O filme foi seleccionado com vista a marcar a primeira edição dos “Serões nas Bibliotecas de Lisboa”, que decorre desde 21 de Julho até 16 Setembro, nas Bibliotecas Alcântara, Marvila, Orlando Ribeiro e de Palácio Galveias, em Lisboa.

“Serões nas Bibliotecas de Lisboa”, iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa, pretende levar ao público sessões de cinema, leitura, música, teatro e também tertúlias.

É um projecto que “procura reafirmar o papel das bibliotecas municipais como espaços de fruição cultural, de lazer e de proximidade entre os diferentes públicos” como descreveu o Diário de Notícias de Portugal, com base no comunicado de imprensa da organização do evento.

“Comboio de Sal e Açúcar”, filme moçambicano que mescla os géneros drama e guerra, foi realizado e escrito por Licínio Azevedo e Teresa Pereira, com base no romance homónimo de Licínio Azevedo.

Co-produzido entre Portugal, Moçambique, Brasil, África do Sul e a França, sua estreia mundial deu-se durante Festival Internacional de Cinema de Locarno, no dia 10 de Agosto de 2016.

A trama de “Comboio de Sal e Açúcar” dá-se num período de tensões, provocadas pela guerra civil em Moçambique. Então, um único comboio liga a região de Nampula a Niassa, centenas de pessoas arriscam suas vidas através dos 700 quilómetros de linha férrea, de modo a garantir a subsistência das suas famílias, trocando sal por açúcar. As suas histórias misturam-se, à medida que o comboio prossegue o seu caminho lento e a guerra decorre pelo país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here