Muend’Arte promove “Encontros” na Casa da Cultura

0
86

A Associação Cultural Muenda – Muend’Arte inaugura esta sexta-feira (18), na Casa da Cultura da Cidade de Maputo a exposição colectiva “Encontros”. Trata-se de uma mostra que conta com mais de 10 artistas moçambicanos sob produção e assistência de Amarildo Rungo.

Durante um mês, os artistas Adivon Orlando, Amarildo Rungo, Armando de Jesus, Chua Nuvunga, Dainnik Tazlon, Darda, Faira Beatriz, Gilberto Mulungo, Ildefenso Colaço, John Tameka, Jossefa Chiburi, Maciel Júnior, Samnkulo e Zanda terão as suas obras estampadas nas paredes da casa dos artistas maputenses.

“Encontros” é um espaço que é para todos o conveniente, o desejado, o pensado em cada instante. “Somos movidos pela força de vontade de crescer, que já se faz combustível para quem entrega-se às correrias cotidianas que com o tempo se transformam no resultado que muito se busca”, sublinha Amarildo Rungo.

A exposição simboliza a junção de matérias artísticas “que no meio de um ambiente montado se tornam um único objecto que justifica o mesmo propósito, um encontro que acontece numa época exacta, com artistas que se conhecem, alguns mais aproximados e alguns à distância, que alguns nunca tinham tido antes um encontro no meio artístico concretamente dentro da mesma sala de exposição com mesmas vibrações, mesmas expectativas, pelo mesmo calor”.

Acredita-se que, desta forma e de maneira consistente, “passamos a partilhar da mesma experiência que sem dúvida permanecerão na memória dos que guardam este sentimento na alma”, frisa Rungo.

Esta mostra, por sinal, marca o início de um conjunto de iniciativas que a Muend’Arte e a Casa da Cultura da Cidade de Maputo tem em carteira para o presente ano, uma parceria que a qualquer momento será formalizada através de um memorando de entendimento a ser assinado entre as duas instituições, mesmo a propósito da nova direcção liderada por Megue Constance.

Aliás, um dos escopos de Constance, neste novo momento da Casa da Cultura, é a revitalização da casa. Por isso, há meses, abriu o seu gabinete para novas ideias. Uma delas vem da Associação Muend’Arte que agora, por sinal, se dá o primeiro passo.

Localizada na baixa da cidade, concretamente na Av. Albert Lithuli, a casa da Cultura é considerada “mãe da cultura” na cidade de Maputo uma vez que lecciona, difunde e estimula a valorização da identidade cultural moçambicana e proporciona a estudantes, pesquisadores, turistas e a comunidade em geral a oportunidade de ampliar seus conhecimentos, através de visitas a seu acervo museológico, de consulta às fontes de pesquisas bibliográficas e arquivísticas, da formação cultural e do lazer por meio de cursos, oficinas de artes e outras actividades culturais.

Recorde-se que a Casa da Cultura da Cidade de Maputo abriu no dia 4 de Março o seu ano artístico-cultural. O evento presidido pelo Director do Serviço de Assuntos Sociais, Artur Armando Dombo, e que contaou com várias associações culturais sedeadas na cidade de Maputo, foi uma oportunidade para a exaltação artística produzida em Maputo em diversos prismas, onde a dança, a música, o teatro, as artes visuais e a gastronomia têm elevada proeminência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here