Sumula

0
126

Destaques

Arrancam hoje às celebrações dos 20 anos da CTO – Maputo com a Mostra Internacional de Teatro do Oprimido (MITO).

Na quinta-feira, dia 15, pelas 14.30, inaugura-se, na Galeria Kulungwana, a exposição individual de pintura, intitulada PHANDAR, do artista plástico Maluzhane Bila.

Está aberta a exposição Histórias com Cores e Vício-inverso, arteando Mia Couto, na Galeria da Fundação Fernando Leite Couto dos artistas plásticos AManhiça, Elias Manjate e Marcos P’fuka que criaram pinturas e esculturas a partir da leitura de textos do escritor Mia Couto.

Artigo anteriorMaluzhane Bila mostra Phandar na Kulungwana
Próximo artigoViajar no My Love
É licenciado em Jornalismo, pela ESJ. Tem interesse de pesquisa no campo das artes, identidade e cultura, tendo já publicado no país e em Portugal os artigos “Ingredientes do cocktail de uma revolução estética” e “José Craveirinha e o Renascimento Negro de Harlem”. É membro da plataforma Mbenga Artes e Reflexões, desde 2014, foi jornalista na página cultural do Jornal Notícias (2016-2020) e um dos apresentadores do programa Conversas ao Meio Dia, docente de Jornalismo. Durante a formação foi monitor do Msc Isaías Fuel nas cadeiras de Jornalismo Especializado e Teorias da Comunicação. Na adolescência fez rádio, tendo sido apresentador do programa Mundo Sem Segredos, no Emissor Provincial da Rádio Moçambique de Inhambane. Fez um estágio na secção de cultura da RTP em Lisboa sob coordenação de Teresa Nicolau. Além de matérias jornalísticas, tem assinado crónicas, crítica literária, alguma dispersa de cinema e música. Escreve contos. E actualmente, é Gestor de Comunicação da Fundação Fernando Leite Couto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here