Mélio Tinga lança “a engenharia da morte”

0
256

Peripécias deste intervalo entre o nascimento e a morte, a que chamamos vida, ganham a luz da superfície em jeito de prosa, no livro “a engenharia da morte”, Mélio Tinga, que lança hoje, pelas 18.00 horas, a partir da página de Facebook do Camões – Centro Cultural Português em Maputo (@camoesmaputo) e do canal de Youtube da Revista Literatas.

O lançamento do livro contará com a apresentação do académico brasileiro Ubiratá souza, com os comentários e leituras por Leo Cote e moderação de Eduardo Quive.

“a engenharia da morte” segue “O voo dos fantasmas” (ethale), que Mélio Tinga lançou em Setembro de 2018.

“O corpo de uma menina está imerso numa poça de sangue. Morta depois de ver o irmão nu sobre a madrasta, na cama. O velho empregado de um funcionário da ONU mata um cão, que «falava irlandês», por razões aparentemente incompreensíveis”, lê-se no resumo da obra.

Nota biográfica do autor: Mélio Tinga nasceu, vive e trabalha em Maputo. É formado em Educação Visual pela Universidade Pedagógica e atualmente designer de comunicação, área onde por vezes exerce também a função de docente. É cofundador da DESIGN Talk e editor da Revista DEZAINE. Escreve prosa ficcional. Publicou «O Voo dos Fantasmas» (Ethale Publishing, 2018), fez parte de «O Hambúrguer que Matou Jorge – Antologia de Contos Criminais Moçambicanos» (Ethale Publishing, 2017), coorganizou e participou da «Contos e crónicas para ler em casa» – Volume I (Literatas, 2020) e coorganizou «Contos e crónicas para ler em casa» – Volume II (Literatas, 2020), coordenou e participou da antologia “Idai – marcas em verso e prosa” (Gala-Gala Edições, 2020). Foi finalista do Prémio 10 de Novembro 2019, com o livro inédito «Outro Dia a Nuvem Evapora». Dirige o Ventrículo – microjornal de contos. É colaborador permanente da Revista Literatas. É membro do Movimento Literário Kuphaluxa desde 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here