Não posso fazer tudo ao mesmo tempo

0
150

Tenho uma dor estanha no pescoço, preciso de massagem, percebi que meus dedos não são tão sensíveis como pensava. Meus músculos doem, sinto um cansaço que nunca senti. Chamei o cão, deixei ele sentar e fiquei a contemplar o tempo a passar.

Não estou concentrado, minha cabeça doí, queimei com sol, nem tenho paracetamol. Sinto meu estômago a roer, estou constantemente a comer, mas ainda sinto fome. Não fui forjado para ser obeso, mas o meu apetite força a mudanca do rumo do cosmos.

Olhei para minha agenda, a dor de cabeça retornou e veio acompanhada da frustração de não ter terminado as tarefas. Abri as páginas do bloco de notas, recordei dos bons momentos, dos dias em que colocava certo nas tarefas terminadas. E hoje percebo que a única tarefa terminada é listar as tarefas não terminadas.

Olho para o computador. Fico alguns minutos a pensar no estado de coisas e percebo que a solução é descansar. Sossegar o espírito e ganhar fé, no sonho alguém pode ter mãos de fadas para massagear os obstáculos que me fazem não terminar as minhas tarefas.

Artigo anteriorProcrastinei
Próximo artigoMúsicos e produtores incertos sobre o futuro
Acredita em seus sonhos e transforma-os em verdade. Com amigos fundou o Mbenga e escreve o seu destino. Colaborou com periódicos dos PALOP’s. É docente. Formado em Relações Públicas, Jornalismo e Publicidade e Marketing, também é fascinado pela pequisa. É repórter do Jornal Notícias, o maior órgão de informação de Moçambique. Produz e sonoriza o programa radiofônico Cinema em Foco, que é difundido na RDP África. Este é só o principio da revolução.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here