“Os Funerais de Mubengane” de Aldino Muianga vem a superfície amanhã

0
237

Aldino Muianga lança amanhã a colectânea de contos intitulado ” Os Funerais de Mubengane”, no Auditório do Edifício- Sede do BCI, em Maputo, às 18:00 horas.

O livro será apresentado pelo académico Almiro Lobo. Esta é a segunda obra do autor publicada pela Cavalo do Mar, na colecção pelagem negra e é a décima sexta obra do autor.

Sobre Aldino Muianga escreve o Professor Francisco Noa: “… a obra de Aldino Muianga faz a articulação que se pretende harmoniosa entre a ficção e o mundo real, visto que ela acaba, de facto, por instituir-se como a grande vocação dos escritores e dos artistas africanos em geral, e que, no âmago do seu processo criativo, não se conseguem alhear da realidade donde provêm e que os envolve, os questiona, os fascina ou simplesmente os indigna…”.

ALDINO FREDERICO DE OLIVEIRA MUIANGA (Maputo, 1 de maio de 1950), membro da Associação dos Escritores Moçambicanos (AEMO) e sócio fundador da Associação de Médicos Escritores e Artistas de Moçambique (AMEAM), é um dos mais importantes escritores de Moçambique.

Foi colaborador de primeira linha da revista Charrua e da revista ECO, editada pela Universidade Eduardo Mondlane. Foi ainda coordenador da página literária da revista SAPES, editada no Zimbabwe, entre 1991 e 1992, onde publicou ensaios sobre literatura lusófona nos países africanos.

Colaborou como cronista em diversos meios de comunicação social, nomeadamente no Jornal Domingo e na revista Tempo. Está publicado no Brasil (A Noiva de Kebera, Kapulana, 2016; O Domador de Burros, Kapulana, 2016 e Asas Quebradas, Kapulana, 2018) e tem contos seus incluídos em antologias publicadas em Portugal, no Brasil, na Suíça, França, e em várias páginas e revistas literárias em Moçambique e no estrangeiro, servindo de base para teses de dissertação em cursos de Literatura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here