Poema de Mardson Soares

0
188
Mardson Soares
Mardson Soares

Texto de Mardson Soares

Valquírias

II
nua
palma da mão
noutra palma da mão

nua
paisagem campesina
sem mato alto, e horizonte

nua
silêncio e arbítrio
estrada aberta

o amanhã é coisa nua inventada

Pintura de João Timane

* * *

Mardson Soares (Bom Jesus – Piauí, 13 de setembro de 1992). Poeta brasileiro. Advogado, formado em Direito pela Universidade Católica de Brasília.
É membro da Associação Nacional de Escritores – ANE, sediada em Brasília-DF. Há poemas seus publicados em revistas, jornais e sítios literários, como a luso-brasileira Subversa e os brasileiros Plástico Bolha e Ruído Manifesto.
Um de seus poemas, intitulado “Ao Piauí, as enrribas!”, uma homenagem ao Piauí, seu estado natal, foi um dos selecionados para a Mostra Literária da 9ª Bienal da União Nacional dos Estudantes – UNE, o maior festival estudantil da América Latina dedicado às artes, em 2015, no Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here