Viajar por Kukavata (3)

0
89

Mabokwanhane: a fuga ao casamento

Por Dadivo José

A par da Terceira música, esta é uma das novidades do álbum. Não só por ser um tema novo, mas por ser de quem é, o António Baza, o rosto da nova geração e passagem de testemunho na banda. Antoninho, como também é chamado, traz um assunto social muito debatido. A questão de Kutxinga, Pitakufa, ou purificação das viúvas. Há homens que sem se preocupar em construir suas famílias, vão se especializando em txingadores- mor, usufruindo de tudo que pertencia ao finado. Atitude feia, que até chega a dançar, enquanto o luto exige, pelo menos, um fingimento de tristeza. 

É a primeira composição conhecida do Baza e já mostra que esteve naquela casa feito um moleque de recados dos outros, para que pudesse transmitir com o trompete a mensagem dos bons rapazes. Ele foi aprendendo e bebendo de todos. Na composição Mabokwanhane é perceptível a presença de cada um dos três grandes compositores da banda (Pedro, Zeca e Roberto). A mistura de ritmos é também interessante, principalmente na parte final da musica. Xingomana, makwaya de centro, nhambarro e Nyau podem ser executados, tal é a magia do Paco Tony na percussão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here