Os dez anos da Isabel

0
95

Por Celestina Marques

Isabel era uma menina muito querida. Tinha nove anos, e vivia com a sua mãe e o seu irmão. Mas a Isabelinha andava muito triste, porque já estava em vésperas do seu aniversário de dez anos, e a mãe não lhe tinha preparado uma festa.

E andava a perguntar à mãe por que é que todos os amigos dela tinham tido uma festa de aniversário, e só ela é que a não teria. Mas a mãe nada conseguia responder-lhe, porque não tinha dinheiro para gastar em festas.

E os dias foram-se passando, e chegou o seu dia vinte e um de Fevereiro.

A mãe, como sempre, foi a primeira pessoa a dar-lhe os Parabéns. E ofereceu-lhe uma linda boneca. A festejada adorou. E baptizaram a boneca, com o nome de Isabel.

Ela gostou imenso da boneca. Mas, naquele momento, para a Isabelinha nada era mais importante do que a festa que não ia ter.

Mas, logo depois, apareceram os seus amigos, que, como sempre, agitados, a felicitaram, com muitos presentes, e a convidaram a ir passar o dia ao parque de diversões. E lá foram.

Brincaram muito, riram-se, e foram muito felizes, naquele momento.

Então, ela percebeu que, para ter o melhor aniversário dos dez anos, não precisava de ter uma grande festa. Bastava-lhe fazer coisas de que gostasse muito, com pessoas que amasse muito.

E assim foi o aniversário da Isabel. Sem uma festa, e, apesar de tudo, muito feliz.

Celestina Marques:  Conte-me histórias…

Publicado originalmente na revista soletras (Setembro de 2015)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here