Dans’Artes: Um projecto, uma vida

0
117

300x300O palco é a vida de Maria Helena Pinto. A dança é o ar que a faz respirar. Ela está na dança desde os 7 anos e tem mais de 30 anos de carreira. É Difícil separa-la desta arte. Como prova de amor as artes e cultura, Maria Helena Pinto vendeu seu apartamento, juntou todas as economias que colectou ao longo de sua carreira e formou o projecto Dans’Artes.


full (2)
A génese de um sonho
O projecto parte de uma constatação da nossa realidade. “Há falta de espaço para albergar actividades (formação, criação, produção, intercambio de âmbito nacional e internacional) ligadas as artes e cultura”, esclarece Maria Helena Pinto.
O Dans’Artes ainda está na sua fase embrionária, mas algumas das suas infra-estruturas já estão em fase edificação. O culminar do projecto será a construção de uma vila artística.
“Na vila artística Dans’Artes serão desenvolvidas diversas actividades de difusão de obras de arte, formações, workshops e intercâmbios artístico-culturais entre artistas moçambicanos e estrangeiros. Outro eixo privilegiado é a interacção comunitária. A vila será composta de infra-estruturas como um Teatro, uma casa de acolhimento dos artistas, edifícios de alojamento e outros espaços de desenvolvimento de actividades culturais e turísticas”.
A vila artística estará sedeada fora da cidade de Maputo. A Ideia é quebrar o monopólio da cidade de Maputo. “A vila artística situar-se-á a sensivelmente 1000 m para Sul a meio do percurso da Estrada para Mozal no sentido Este-oeste, na povoação de Djonasse., no Distrito de Boane, Matola-Rio” pormenoriza.
Para essa mulher das artes e cultura o Dans’Artes não é apenas um projecto, é o culminar de um sonho, de uma vida artística. “Dediquei mais de metade de minha vida as artes e cultura. Pretendo dedicar a outra metade na edificação deste projecto. Juntei todas as minhas economias, vendi meu apartamento para o Dans’Artes se tornar uma realidade. Para obter mais fundos, vamos a dar aulas, para todas as faixas etárias, de danças e teatro no Teatro Avenida ”.
Recordar que Maria Helena Pinto tem um currículo invejável, ao longo de seus mais de 30 anos de carreia, já pisou em palcos nacionais e internacionais. É bailarina, coreografa, docente universitária na Escola de Comunicação e Artes da Universidade Eduardo Mondlane (ECA-UEM) e na Faculdade de Ciências de Linguagens e Artes da Universidade Pedagógica (UP). Pinto estrear-se na escrita, em Junho desde ano, com o lançamento da sua tese de Doutoramento, feita na Universidade Paris 8, França.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here