Azgo é um encontro de gerações

0
104

Isabel Novella

Isabel Novella é uma cantora moçambicana que passeia pelos ritmos Afro, Jazz, Soul e World Music. Depois de participar em festivais internacionais em diversos países de África e não só, no mês de Maio, 23 a 24, vai participar no Festival Azgo em Moçambique, terra que a viu nascer.

Acompanhe uma breve conversa sobre o seu percurso na música e saiba o que ela preparou para o Azgo.


Foto: Sadu
 novella
Como é que entra para a música?
Tudo começou em casa, meu pai tocava piano e guitarra e minha mãe fazia parte do grupo coral da igreja. Ouvia o meu irmão (Neco Novellas) a tocar no muro de casa com os amigos. Então, eu e minha irmã pedimos que ele nos ensinasse a cantar. Ele aconselhou-nos a juntar  um grupo de crianças do Fomento (bairro onde cresci) e assim surgiu o grupo PECANFO ( Pequenos cantores do fomento ). Usavamos o salão da igreja que fica ao lado da casa onde cresci. Aprendiamos canto e dança no grupo e animávamos festas, cantávamos na igreja…
Já canta profissionalmente desde os 14 anos. Por que só agora o álbum?
Quando comecei, não sabia o que queria cantar. Escrevia e fazia coros, mas ainda não me havia encontrado. Frequentava o estúdio de Zé Pires (produtor musical), e ele uma vez deu-me um álbum da Jill Scott, fui escutando e gostei muito, dai comecei a investigar mais artistas e fui bebendo de outros estilos musicais .
Isabel Novella faz Afro, Jazz, Soul e World Music. Porquê estes estilos?
Precisava de um estilo que me internacionalizasse, que me levasse ao mundo. Na Holanda, tive aulas de música. E também tenho influências do Soul, New Soul, Jazz, Bossa Nova, e o que faço hoje é consequência disso. É fruto da minha vivência e experiencias adquiridas ao longo dos anos .
Isabel Novella é o título do seu álbum, o que ditou a escolha?
Tenho a cara do meu irmão. As pessoas associavam-me sempre a ele. Tinha que arranjar uma forma de elas olharem para mim como Isabel Novella. O título foi uma forma de separar a minha imagem da do Neco e dar a conhecer o meu nome e meu trabalho.
É a primeira cantora moçambicana a assinar com a Native Rhytms e com a Sony Music. Que significado isso tem para si?
É um grande feito, um



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here