Poemas de António Luís Nhanala

1
38
António Luís Nhanala
António Luís Nhanala

Textos de António Luís Nhanala

O mar

Um céu atravessado de ilusões,
como o olhar sobre o céu
Uma casa no avesso
por vezes é como a infância,
perde-se em seus gritos, suas noites
As águas sobre ele,
as rochas, corais, as vidas
nada disso anda duas vezes
o mesmo caminho
Lá no fundo tem excessos
da falta de si a velejar
para o seu ressurgimento.

Pintura de João Timane
Pintura de João Timane

Caminhos

Em volta a casa,
um grito peregrina dentro das coisas,
um cão, uma janela aberta sobre o palpitar
da rua
Enfim, os caminhos são essas gaiolas
cingidas de pó e cristal
tentando conter os animais
que navegam o oceano adormecido em nós.

 

Pintura de João Timane
Pintura de João Timane

Um poema para a noite

Rouba-me os pesos desses olhares
infectados pela plumagem em seu corpo
também essas trilhas sonoras sobre a madrugada
que em mim pousam o mel dos seus lábios
como em uma colmeia
Traga-me os sabores versáteis
do precipício que a tua alma compõe
sobre a modéstia dos nossos lençois,
Depois faz-e tomar o vinho do teu umbigo
feito alambique nas longíquas terras férteis
que me arrancam o coração inutilmente.

***

Alanito Rungo Novela Pseudónimo de António Luís Nhanala, Reside actualmente em Quelimane, natural de Jangamo, Província de Inhambane, formado em enfermagem geral (médio) pelo extinto Centro de Formação de Saúde, actual instituto de ciências de Saúde de Inhambane. Actualmente frequenta o curso de Licenciatura em Psicologia Clínica e de Aconselhamento pela Universidade A Politécnica, delegação de Quelimane (Instituto Superior de Humanidades, Ciências e Tecnologia), é colaborador do Centro de Colaboração em Saúde, exercendo a função de Oficial de Apoio Psicossocial. Conta com uma obra de poesias intitulada “Viajante do Tempo”, editada em Portugal pela Textos livres editora/GOPARMA S.A. (não publicada), participou das antologias “poemas em quarentena” e “liberdade” organizadas pela chiado books em Portugal.

Artigo anteriorCCMA homenageia Hermelinda Simela
Próximo artigoDiário de Notícias
Hirondina Joshua nasceu em Maputo, Moçambique, aos 31 de Maio de 1987. É membro da Associação dos Escritores Moçambicanos. Participou de várias antologias, revistas blog, jornais, colóquios, debates, festivais nacionais e estrangeiras. Tem colaborado com a plataforma mbenga de artes e reflexões fazendo conversas e divulgando textos de autores lusófonos. É co-redatora da revista portuguesa incomunidade. E colunista da revista galega palavra comum onde colabora com ensaios sobre a arte da escrita.

1 COMENTÁRIO

  1. gostaria de saber se estes poemas foram assinados por Alanito Rungo Novela, pseudónimo de António Luís Nhanala, ou pelo próprio autor na primeira pessoa.

    também não está claro se obra de poesias intitulada “Viajante do Tempo”, editada em Portugal pela Textos livres editora/GOPARMA S.A., foi publicada ou se está no prelo.

    obrigado pela atenção e muitos parabéns por divulgar autores moçambicanos não residentes em Maputo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here