Cecília Mahumane leva “Perpectivas do Meu Guetto” a 16 Neto

0
153

O documentário “Perpectivas do Meu Guetto” vai ser assistido amanhã, a partir das 18:30, no espaço 16 Neto, em Maputo. Depois da exibição da película, segue-se um momento de debate sobre a curta-metragem e que contará com a presença da realizadora do filme, Cecília Mahumane.

A película reúne discussões que orbitam a volta dos diferentes olhares sobre as periferias de Maputo, procurando estabelecer pontes entre os elementos característicos da vida nos referidos locais.

O filme é, também, uma provocação para o debate sobre as diferentes conotações associadas ao espaço suburbano de Maputo.

Trata-se de um trabalho que dá relevo aos saberes, hábitos e costumes, mas também aos cheiros identitários dos bairros adjacentes à zona cimento da capital moçambicana.

Cruza, Ainda, perspectivas e visões de sociólogos, antropólogos, bem como outros acadêmicos e não só, sobre as causas, consequências e possíveis pontos de fuga aos estereótipos a volta do quotidiano de bairros como Chamanculo, Mafalala, Xipamanine, entre outros.

“Perpectivas do Meu Guetto” é uma produção do projecto “Chamanculo é Vida”, iniciativa coordenada pela activista social, Cecília Mahumane. Foi lançada em meados do ano passado e já participou de alguns concursos de cinema nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here