É Festa: Fundza abre primeira livraria

0
57

Escrito por Lucas Muaga


É dia de festa na cidade da Beira e não é para menos. Abre hoje a primeira livraria da editora Fundza. Ela passará a disponibilizar livros de diversas áreas para  diferentes tipos de leitores. Pertence à Fundza, mas as suas prateleiras vão suportar o peso de publicações de todas as editoras que pretendam colaborar. A outra grande novidade reside no facto de o novo local de compra e venda de livros ser até então o único em funcionamento na urbe, devido ao encerramento da Minerva, a mais antiga instituição de venda de livros do país. É por este motivo que é hoje dia de festa na cidade da Beira e a propósito da abertura de uma livraria, no âmbito do quinto aniversário da Fundza, durante quase uma semana, aquela editora realiza uma feira do livro e, em tempos incomuns, será virtualE porque a maravilha das novas tecnologias é encurtar distâncias, através do Facebook da Fundza, todo o mundo poderá falar de literatura. 

Deste modo, o escritor João Paulo Borges Coelho será o palestrante de “Beira como Reinvenção Literária: uma viagem pelo espaço e pela memória” e Adelino Timóteoestará numa sessão de autógrafos. Discutir-se-à igualmente “O Lugar da Livraria na Educação em Moçambique”, por Nobre dos Santos, antigo reitor da UniZambeze, Sebastião Lopes, director do Colégio La Salle, e Carina Lopes, antiga livreira.

Celso Muianga, da Fundação Fernando Leite Couto, Sandra Tamele, da Trinta Zero Nove, e Jessemusse Cacinda, da Ethale Publishing, falarão da edição de livros em Moçambique e o presidente do Fundo Bibliográfico da Língua Portuguesa, Nataniel Ngomane,a editora da Escola Portuguesa de Moçambique, Teresa Noronha, e o escritor Mauro Brito vão abordar o tema “Literatura Infanto-juvenil: o caminho para formação de leitores?”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here