Imortalizar efeitos da COVID-19

0
107

Por Gigliola Zacara

Foi inaugurada hoje, no espaço do Centro Cultural Municipal Ntsindya a Residência Artística de Artes Cénicas, inseridas na 3ª anualidade do projecto Regeneração Nhlamankulu- O Cidadão Protagonista do Desenvolvimento Comunitário.
No contexto actual de Pandemia da COVID-19, mais que nunca é preciso apelar ao sentimento de comunidade e de entreajuda. Desde sempre a ARTE serviu de expressão livre em momentos de tensão social e até de farol de esperança para os ultrapassar. Sem dúvida o Mundo não será o mesmo depois desta crise que o uniu e é pertinente marcar este momento da história, interpretando-o e deixando que a Arte o possa imortalizar.
Realizado pelo Centro de Recriação Artística, este musical que incorpora três vertentes artísticas, teatro, música e dança, concebido em criação coletiva resultante da residência artística de artes cénicas com 15 jovens do distrito urbano do Nlhamankulo, livremente inspirado na pandemia do Corona vírus, coreografado e encenado por Gigliola Zacara.

A performance traz questões sobre os impactos psicossociais impostos pela pandemia do Corona vírus às nossas comunidades e aos moldes da convivência humana, embasados nos decretos vigentes, com especial foco para o distanciamento social.

Com dramaturgia contemporânea e site specific, o espetáculo vai proporcionar um mergulho do público no tema durante o circuito de apresentação, provocando identificação e reflexão imediata sobre a  situaçao atual vivida mundialmente, especialmente nos grandes centros urbanos e periurbanos, trazendo a emergência de transformar os paradigmas sobre saúde pública no país e no mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here