Milton Gulli estreia pensando o “Quotidiano”

0
205

Ao acordar, a vida envolve-nos nas rotinas que de tão repetidas se parecem normais. Esse movimento (silencioso para a consciência, muitas vezes) provocou em Milton Gulli um desassossego que leva para o palco do Centro Cultural Franco-Moçambicano em Maputo, na próxima sexta-feira.

Intitulado “Quotidiano ao vivo”, o espetáculo é homônimo ao novo EP deste compositor, produtor, DJ, músico.
Ao ler-se a nota de descrição da apresentação, percebe-se que a proposta de Gulli é pensar nas particularidades que não obstante vivermos em ambientes e contextos diferentes, na essência, queremos todos o mesmo. Cada um a sua medida.
Lê-se, “o quotidiano é diferente para cada um de nós, mas ele acaba também por ser o nosso elo de união”.
No mesmo fio prossegue a descrição, todos nós levantamos da cama para enfrentar o dia, todos precisamos de comer, dormir, amar e ser amados, trabalhar, viver em sociedade, viver em família, viver em união.
“O Quotidiano é esse fio comum que nos une, ligado ao tempo, ao espaço e ao destino”, esclarece, finalizando “à poesia do dia-a-dia”.
Em palco, Milton Gulli será acompanhado por Texito Langa (bateria), Hélder Gonzaga (baixo), Nicolau Cauaneque (teclado), Jean Klein (guitarra), Regina dos Santos e Rita Couto (coros).
Durante 90 minutos de espectáculo o auditório será servido pelo repertório que compõe o “Quotidano” e alguns sucessos de outros tempos.

Rumo a este projecto, o músico já libertou dois temas: “Puto” e “Jogador”. São músicas que sob ponto de vista rítmico resultam da fusão do eletrônico e o acústico. Quanto aos assuntos, explora as desigualdades, explorando as realidades periféricas.

Jogador


Quotidiano é nome do novo EP de Milton Gulli, o primeiro trabalho a solo deste artista ligado a projectos lusófonos como Cool Hipnoise, Cacique´97, Simba & Milton Gulli, entre muitos outros. Conforme a nota que estamos a citar é um trabalho que possuiu uma sonoridade híbrida, dificilmente categorizável, resultado das influências de Milton Gulli e da sua longa experiência em projectos com diferentes estilos.

Puto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here