Artistas reimaginam Maputo em exposição

0
158

A exposição RE-IMAGINAR MAPUTO dos artistas plásticos Amarildo Rungo, Adivon Orlando, Faira Beatriz , Muenda, Jonh Tameka e o fotógrafo Ildefonso Colaço vai ser inaugurada hoje, a partir das 18:00, na galeria do Centro Cultural Moçambicano Alemão, cidade de Maputo.

A mostra é composta por 12 trabalhos, no total, dos quais 10 são telas de pintura e duas fotografias, com que os artistas querem partilhar o olhar sobre as realidades que são, ou seriam, a cidade de Maputo. É fruto de uma residência artística de 21 dias, tempo em que os artistas estiveram sediados nas instalações da Associação Cultural Muend’arte, sita na Mafalala.

A idealização do projecto é de Amarildo Rungo, que juntou-se a Adivon Orlando, com quem amadureceu o conceito e, também, envolveu outros artistas para (re)pensar, (re)criar e (re)constituir cenários diversos, característicos da cidade de Maputo.

“RE-IMAGINAR MAPUTO é no ponto de vista cultural, social, psicológico, populacional e suburbano, mas também no sentido político”, revelou Amarildo Rungo, que acrescenta que a mostra é uma visão da cidade sob o ponto de vista temporal.

A perspectiva é avançar e tentar, de alguma forma, resolver os problemas que, se calhar são do passado, mas que se fazem sentir no presente e que ainda podem causar problemas no futuro.

“Pode haver uma outra realidade na nossa cidade. Uma nova perspectiva e forma de viver. Novas visões e, sobretudo, novas estratégias que nos podem levar ao crescimento”, detalhou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here