Irene Mendes lança “Os meus apontamentos (1)”

0
127

Será lançado hoje, Sexta-feira, pelas 18:00h, no anfiteatro da Universidade A Politécnica, o livro “Os meus apontamentos (1) – estórias de Nampula e do Sul de Moçambique”, da Profa. Doutora Irene Mendes.

Segundo a autora, o livro é constituído de “registos que eu ia fazendo no meu dia-a-dia, durante o período que me encontrei a trabalhar em Nampula e quando me aventurava por terras do sul de Moçambique, ou à busca de momentos de prazer e tranquilidade, ou quando ia a Marracuene ver o meu pedaço de terra.

“Os meus apontamentos (1)”, que assinala a primeira incursão literária de Irene Mendes – é autora dos livros académicos “O Léxico no português de Moçambique: aspectos neológicos e terminológicos” e “Da neologia ao dicionário: o caso do português de Moçambique” – “é um convite à descoberta de lugares, vivências, crenças, sabores […]”, uma mescla de “encruzilhadas várias; de gerações, de gentes, de ensinamentos, de aventuras”, como aponta Zaida Maria Correia Lopes Pereira, que prefaciou o livro.

Para Lopes Pereira, reitora da Universidade Católica da Guiné-Bissau, os textos de “Os meus apontamentos (1)” são “narrativas de evasão para que foram convocadas a mãe, a avó, a cidadã, a linguista. Elas evocam a importância de um legado aos filhos e netos; expressam a indignação perante a ausência de solução para o que parece evidente; renovam o comprometimento com a Educação e, naturalmente, com questões de linguagem e de língua”.

“Os meus apontamentos (1)”, o primeiro livro de um conjunto de três, contém 120 páginas e está dividido em três partes, “O salto”, “Experiências da província de Nampula” e “Maravilhas do sul de Moçambique”, em suma, três momentos de relatos de aventuras e descobertas, encontros e, por vezes, desencontros, tendo por condimento deliciosas narrativas na fronteira entre a crença e o mito.
O livro, que sai pela chancela da Gala-Gala Edições e inaugura a colecção “Hinyambaan”, será apresentado pelo docente universitário Gilberto Matusse, em sessão presencial e transmitida em directo através das redes sociais. O evento obedecerá as normas de prevenção contra a covid-19.

Sobre a autora

Irene Mendes nasceu em 1960, em Maputo. Esteve internada no Centro 8 de Março, em 197, e foi assistente na Faculdade para Antigos Combatentes e Trabalhadores de Vanguarda (FACOTRAV). É doutorada em Linguística na especialidade de Lexicologia pela Universidade Nova de Lisboa e é professora na Universidade A Politécnica. Publicou os livros “O Léxico no Português de Moçambique: Aspectos neológicos e terminológicos” (2000) e “Da Neologia ao Dicionário: O caso do Português de Moçambique” (2010). É co-autora de manuais de Português da 11ª e 12ª classes. Escreve crónicas de viagens há mais de 10 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here