“Silêncio” reconhecido no Africa Human Film Festival

0
57

“Silêncio”, curta-metragem de Gigliola Zacara e Osvaldo Mauze, é o prémio Melhor Director: Curto Documentário, da edição 2022 do Festival de Cinema dos Direitos Humanos da África (Africa Human Film Festival).

“Este é o segundo prémio internacional que recebemos este ano. Nada mais satisfatório que contribuir com as artes na construção social das nossas comunidades. É importante fazer uso do cinema como ferramenta para o avanço dos direitos humanos”, expressa sua satisfação, Gigliola Zacara, através das suas redes sociais.

O filme, com cerca de 5 minutos de duração, discute o abuso dos direitos da rapariga, muitas vezes impedidas de estudar e, até, vítimas de abusos sexuais e psicológicos por parte de pessoas próximas.

 “Silêncio” mostra a personagem de Elisinha, uma adolescente que vive nos subúrbios de Maputo. Dividida entre as responsabilidades domésticas e ajudar a mãe num pequeno negócio, à Elisinha é retirado o direito à educação. Não só é impedida de ir à escola, mas também sofre, em silêncio, pelos traumas provocados pelo seu pai, alcoótra e predador sexual, com quem vive, além da mãe e um irmão com poucos meses de vida. Por receio de julgamentos e medo das consequências resultantes duma possível denúncia, Elisinha, procura uma rota de fuga para o infortúnio que tem sido a sua vida.

A longa-metragem moçambicana vem como uma forma de conscientização dos direitos humanos, e, por essa razão, vai de encontro ao o lema que guião a edição do Festival de Cinema dos Direitos Humanos da África (Africa Human Film Festival),  “África com altos níveis de conscientização e respeito pelos direitos humanos entre formuladores de políticas e cidadãos comuns capacitados nas áreas rurais, marginalizadas e urbanas”.

O Festival decorreu no deserto de Kalahari, na África do Sul, entre os dias 21 de 23 de Outubro.

“Silêncio”, curta-metragem co-realizada pelos mocambicanos Gigliola Zacara e Osvaldo Mauze, é uma co-produção entre o Centro de Reacriação Artística e a 7 Ofícios- Rede de Mulheres. O filme conta com um elenco constituído por Adélia Maposse, Madjeca Tingana, Gigliola Zacara, Khaleesi Mauze, Kawany Sango e Tio Luís. Já, a equipe técnica, para além dos realizadores, contou com a participação, Augusto Nhambi e Milagre Langa. E, a trilha sonora, com apoio de Dama do Bling e Roberto Chitsondzo. Recorde-se que, no início do ano corrente, “Silêncio” foi lauredo com o seu primeiro prémio a nível internacional, na categoria de “Melhor Guião”, dos Prémios Especiais do Júri do concurso cinematográfico, na primeira edição do Festival RENUAC, no Chile.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here