Victor Sousa e o seu Sortilégio estético no CCBM

0
57

Escrito por Elisa Mucoma

Amigos, familiares, colegas, alunos e admiradores juntaram-se no Centro Cultural Brasil-Moçambique (CCBM) para recordar Victor Sousa.

O mote do encontro, na noite da última quinta-feira, foi “O sortilégio estético”, exposição póstuma organizada pela Associação Kulungwana em parceria com o CCBM.

A exposição tem a intenção de contar a sua digna e reconhecida trajetória multidisciplinar, do qual criou enquanto pintor, ceramista, escultor, professor e litografo.

O reconhecimento do seu trabalho é testemunhado pelas exposições que fez no país e no estrangeiros, em mais de 20 países nos quatro cantos do globo.

Com a curadoria de Jorge Dias, profundo conhecedor da exígua (documentalmente) não obstante já com personagens (e talvez tendências e movimentos distintos) história da arte moçambicana, “Sortilégio estético” é uma espécie de antologia do trabalho de um dos mais singulares artistas moçambicanos do “pós-malangatismo”.

A exposição encontra-se patente no CCBM até o dia 26 do próximo mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here