Restaurante de primeira

0
193
Dinner, por Jonelle Summerfield

Por: Pedro Pereira Lopes

Num restaurante de província só iam comer brancos e mulatos. A entrada de negros não era proibida, mas, por alguma razão, só lá iam comer mulatos e brancos. Uns menininhos pretos, quase sempre crianças, ficavam do lado de fora do estabelecimento, a mendigar qualquer coisa. Os que tinham os olhos mais molhados saiam, nos dias bons, com algumas moedas.

Num dia, chegou um estrangeiro preto na cidade. Estava cheio de fome e não sabia onde comer. O restaurante onde só iam comer brancos e mulatos ficava do outro lado do hotel,

é excelente, boa cozinha, atendimento personalizado, diziam as recomendações. O estrangeiro preto entrou e sentou-se. As crianças pretas, que ficavam de fora, a mendigar, espantaram-se. Uma delas, audaz, desafiou as antigas regras e seguiu o homem, sentando-se com cuidado, sem ser convidada. A criança ficou um minuto com os cotovelos sujos sobre a mesa e com as sobrancelhas franzidas. Depois, olhando nos olhos do estrangeiro, disse:

É permitido pedir esmola daqui de dentro?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here