Dadivo leva “O Envelope” para os palcos

0
113

A Companhia de Teatro Mahamba apresenta a peça “O Envelope”, que conta a história de Jorge Fernando, um jovem de 28 anos, licenciado pela academia da polícia de Moçambique (ACIPOL), e ocupa a posição de comandante distrital da polícia.

O agente, criado por uma tia materna, é órfão de pai e mãe. Herdou do pai o gosto pela justiça, o progenitor, em vida foi agente da polícia de reconhecidos méritos, que perdeu a vida em 1994, tentando acalmar um confronto entre duas caravanas de partidos políticos rivais.

Toda trama está em torno dum envelope, que é uma metáfora na qual cabem as possibilidades de uma carta, documentos oficiais, dízimo, salário, objectos de valor, por exemplo.

“O envelope pode ser muito grande, grande, pequeno e ou muito pequeno, mas o tamanho deste, somente as personagens Jerónimo, Jorge e Mirna poderão responder”, lê-se no comunicado de imprensa.

Na peça, toda capacidade de resistência aos esquemas de corrupção é posta à prova, no dia em que Jorge Fernando, honesto, é colocado na situação de decidir se aceita ou não o suborno, em troca do seu silêncio, no caso de um tiroteio, que culmina com a morte da tia, que o criou.

“A pergunta fica no ar: temos condições, para fugir aos esquemas de corrupção? Donde vêem os envelopes? A quem é que beneficiam? Quem será capaz de negar o envelope?”, pergunta-se na peça.

O texto foi escrito por Dadivo José, também responsável pela direcção musical, os actores, que vestem os personagens de Jerónimo, Jorge e Mirna, são Horácio Guiamba, Dadivo José e Sabina Tembe, a música está a cargo de  Mole e Gigliola Zacara na produção.

Mahamba – Criações e Produções Artísticas é uma companhia de teatro formada em 1995, envolvida em actividades de educação comunitária, teatro, dança, música, literatura, estudo, análise e elaboração de projectos, e consultoria em várias áreas ligadas ao desenvolvimento comunitário e institucional.

O projecto surge no seio de jovens ávidos, para desenvolver actividades artísticas, como uma forma de preservação do património sócio-cultural e consequente sublevação do espírito de tolerância mútua e respeito pelas diferenças entre indivíduos.

Com efeito, a companhia foi ao longo destes vinte e quatro anos se tornando numa referência quase, que obrigatória no panorama teatral moçambicano, em actividades de cariz artístico profissional e educacional.

Está peça de teatro, O Envelope, será apresentada em várias instituições de ensino básico e superior da Cidade de Maputo e Maputo Província, de 7 à 14 de Outubro, a ante estreia foi ontem, no Centro Cultural Brasil Moçambique. A estreia será amanhã no Teatro Avenida nos dias 5 e 6 de Outubro às 18:00 horas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here